Analisando dados para um produto delicado: Six Sigma Ranch, Vineyards, and Winery

 
 

Algumas pessoas pegam leve quando se aposentam. Mas Kaj Ahlmann, presidente, diretor e CEO aposentado da divisão de Resseguro de Funcionários da General Electric, está apenas começando. Em 1999, ele uniu duas de suas paixões, vinhos e estatística, em um novo empreendimento: o Six Sigma Ranch, Vineyards and Winery. Essa combinação pode parecer improvável. A produção de vinhos lembra imagens de campos de cultivo de exuberantes uvas, cultivadas por especialistas quem sabem o tempo certo de colhê-las e fermentá-las. Six Sigma, por outro lado, é frequentemente associado a produção em massa e na avaliação de muitos dados para obter eficiência máxima no ambiente de produção. Quando perguntado como o ar romântico da produção de vinhos pode coexistir com tomadas de decisão orientadas por dados, Ahlmann sugere que suas paixões se complementam perfeitamente. A teoria de Six Sigma prega que os grandes produtos são têm como base a voz do cliente, enquanto os grandes vinicultores buscam fermentar um vinho que seja delicioso para o cliente. Por que não usar Six Sigma para criar grandes vinhos que respondam à voz do cliente? “Não estamos tentando retirar o romance da vinicultura, estamos tentando aprimorar o vinho", ele diz. “Six Sigma nos ajuda a enfocar fatores que contribuam para a qualidade do vinho e o que os clientes querem”. E quando se trata de analisar dados para otimizar esses fatores, o Minitab Statistical Software tem função fundamental.

Desafio

Kaj Ahlmann (à direita), proprietário do Six Sigma Ranch, Vineyards, and Winery e o gerente da vinícola, David Weiss, criam vinhos excelentes aplicando técnicas do velho mundo e o rigor do comprovado aprimoramento de qualidade.

Fazer bons vinhos não é fácil. Produtores de vinho devem considerar cuidadosamente os solos, variedades e maturidade da uva, o barril em que o vinho é envelhecido e muitos outros fatores. Eles devem tentar tornar o vinho consistente em um lote ou safra para satisfazer o desejo do cliente de obter o mesmo sabor em todas as garrafas. Até mesmo uma pequena variação pode resultar em um produto inaceitável. E quando algo não está certo, o bom conhecedor detecta imediatamente.

Alguns produtores parecem conseguir criar ótimas safras com base na intuição. Por mais que essa abordagem pareça romântica, Ahlmann vê claras vantagens em aplicar Six Sigma às muitas variáveis envolvidas no processo de transformar uvas em algo mais: ele e sua equipe uniram ciência, estatística e seus sentidos para criar vinhos sofisticados.

Embora o cultivo da uva e a produção do vinho ofereçam um ambiente diferente do que muitos praticantes de Six Sigma estão acostumados a encontrar no dia a dia, Ahlmann e sua equipe reuniram dados de uma forma que todo profissional de aprimoramento de qualidade reconheceria, Por exemplo, eles monitoram atributos críticos para qualidade dentro dos recipientes de fermentação, incluindo temperatura, nível de álcool, acidez e fermentação malolática, entre outros.

Eles ainda aplicam a estratégia de DMAIC para eliminar variação no processo de verificação. “Decidimos onde queremos estar, então nos certificamos de que nosso processo garanta que nossos vinhos atendam esse nível de qualidade”, afirmou Ahlmann. “Enfatizamos a consistência e eliminamos a variação onde ela afetaria a qualidade”.

A classificação da uva é apenas um dos setores em que as ferramentas de Six Sigma e o Minitab fizeram a diferença na forma de fazer o vinho. As uvas usadas para fabricação do vinho geralmente são colhidas em um período de dois meses. As ruins devem ser removias antes do esmagamento e da fermentação. Os funcionários levam de 5 a 15 horas para classificar as uvas em dada dia de colheita. Primeiro, as uvas são colocadas em pequenos recipientes, o que facilita para os classificadores identificar e remover cachos inteiros que podem estar danificados. Os cachos aprovados nesse teste passam para a mesa de classificação, onde as uvas verdes são sacudidas em uma grade e eliminadas, deixando somente as maduras, que então passam pela etapa final de classificação manual.

O Rancho Six Sigma queria assegurar que seus classificadores, que voltam todo ano na temporada da colheita, conhecessem a diferença entre as uvas boas e as ruins. Ahlmann e seus produtores de vinho começaram definindo padrões específicos para uvas de alta qualidade. Provando as uvas aleatoriamente antes da colheita, eles podiam identificar características que indiquem sabor na casa da uva, se as sementes tinham sabor de nozes ou se ainda estavam amargas e outros fatores importantes. “A paleta de um especialista em produção de vinhos é sua ferramenta de medição, mesmo se não costumamos pensar assim", observa Ahlmann. “Fatores como esses podem não parecer pontos de dados precisos, mas é possível obter dados com eles”.

Como o Minitab ajudou

Depois de estabelecerem critérios para classificar as uvas, os produtores tinham uma base sólida para que os classificadores seguissem os mesmos procedimentos na mesa de classificação. Tanuj Pasricha e Akashdeep Khera, dois Black Belts em Six Sigma que trabalhavam como consultores na vinícola, usaram o Minitab para conduzir uma análise do sistema de medição do processo de classificação.

A classificação da uva é um dos muitos processos do Six Sigma Ranch que foram beneficiados com o aplicativo de análise estatística. A equipe da vinícola começou a estabelecer padrões claros para uvas boas e ruins, treinando os classificadores para aplicá-los. Usando a análise do Minitab para confirmar que classificadores estão aplicando esses padrões com consistência, Ahlmann sabe que somente as melhores uvas passam para a fermentação.

Para medir a consistência dos classificadores no reconhecimento da qualidade da uva, eles usaram a Análise de concordância por atributos a fim de avaliar a consistência e o grau de acerto com relação aos padrões. Conduzindo sua análise e avaliando os resultados, eles puderam treinar efetivamente todos os operadores para assegurar um nível de concordância aceitável.

Mas classificar uvas não é apenas um componente do processo de produção de vinho. Onde quer que coletassem dados, os produtores recorriam ao Minitab Statistical Software para usar ferramentas como estatística descritiva, análise gráfica, gráficos de controle e estudos de capacidade.

Os consultores Black Belts Tanuj Pasricha eAkashdeep Khera usaram a análise de concordância de atributo do Minitab Statistical Software para avaliar a consistência de avaliação dos classificadores de uva do rancho. Eles conseguiram assegura que todos os classificadores obtiveram um nível de compreensão aceitável.

Os gráficos de I-MR do Minitab como esses ajudam os produtores a garantir que processos críticos sejam estáveis e previsíveis. Quando um processo fica instável, a equipe da vinícola age rapidamente para corrigir os problemas.

Por exemplo, os gráficos de controle de I-MR do Minitab foram uma ferramenta especificamente útil para avaliar se os processos da vinícola estavam em controle e usadas para monitorar os níveis de álcool e acidez. Todos os processos mostram uma variação natural e os gráficos de controle ajudam a diferenciar essa variação natural da variação por "causa especial", não aleatória, que pode ser prejudicial. Os gráficos de I-MR do Minitab ajudam os produtores a identificar variações problemáticas, para que possam fornecer aos clientes um padrão consistente de gosto e qualidade. Os gráficos também ajudam a revelar padrões que podem indicar oportunidades de aprimoramento de qualidade, como no começo ou fim do processo de produção do vinho.

Para garantir que os processos estejam produzindo vinho de qualidade dentro de limites aceitáveis, o produtor recorre às ferramentas de análise de capacidade do Minitab. Esses estudos ajudam a equipe a assegurar que essa fermentação e outros processos da vinícola possam produzir resultados que atendam às especificações definidas. “Esses gráficos nos mostram a visão geral do que estamos fazendo”, diz Pasricha. “Também usamos os dados para fazer aprimoramentos no próximo ciclo de produção”.

A Six Sigma Winery usa os gráficos de capacidade do Minitab para garantir que seus processos possam produzir resultados que atendam às especificações.

Outro aspecto do Minitab Statistical Software que foi tremendamente útil foi o sistema de Ajuda, que tem explicações detalhadas de técnicas estatísticas, explica como executá-las e até ajuda os usuários a interpretar os resultados. “Geralmente consulto o menu Ajuda do Minitab como o "Google das ferramentas de estatística", pois o usamos com muita frequência", afirma Tanuj Pasricha.

Resultados

Ahlmann e seus colegas agora observam novos aspectos da produção, tentando definir padrões para todos os parâmetros críticos para qualidade que devem ser controlados em cada etapa, assegurando que os processos atendam a tais padrões.

Mantendo o compromisso de qualidade em seu nome, todos os processos do Six Sigma Ranch, Vineyard, and Winery estão em controle e capazes de produzir dentro dos limites de especificação. Mas isso não quer dizer que a busca de Ahlmann para produzir um vinho ideal está completa, longe disso. Outros projetos estão em andamento, e a equipe da vinícola continua a usar o Minitab para revelar o significado dos dados coletados. Eles estão usando a funcionalidade DOE (Design de Experimentos) do Minitab para avaliar com eficiência as campanhas promocionais e recriar o site da empresa.

Por meio disso tudo, o foco de Ahlmann permanece na pessoa mais importante do processo de fabricação de vinho: a pessoa que o bebe. Six Sigma Ranch, Vineyards and Winery continua a aprender sobre o que o cliente deseja, solicitando comentários e conduzindo os projetos voltados para os clientes. “É disso que trata Six Sigma”, diz Ahlmann. “Queremos compreender o que atrai um cliente potencial e agregar o máximo de valor, para depois oferecer a ele”.

 

ORGANIZAÇÃO

Six Sigma Ranch, Vineyards and Winery

VISÃO GERAL

  • Sede em Lower Lake, Califórnia.
  • Fundada em 1999
  • 40 acres de terra em produção de uva
  • Produz cerca de 7.000 caixas por ano

DESAFIO

Combinar a arte de produzir vinho do velho mundo com os métodos orientados por dados de Six Sigma.

PRODUTOS USADOS

Minitab® Statistical Software

RESULTADOS

  • Classificadores de uvas treinados para gerar consistência
  • Redução na variação de vinhos produzidos
  • Todos os processos capazes de atender os limites de especificação
 

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado. Leia nossa política

OK